LOAS: Conheça o benefício de R$998 por mês do INSS para quem nunca contribuiu

Saiba quem tem direito a receber os pagamentos sem nunca ter contribuído com a Previdência

Milhares de brasileiros podem ter direito a um salário mínimo por mês, mesmo que nunca tenha feito contribuições ao INSS. O benefício chamado de BPC/LOAS – Benefício da Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social, garante o pagamento de R$998 (salário atual) para quem cumpre as regras previstas em lei.

Tem direito a receber o benefício do BPC/Loas, idosos de baixa renda que possuem 65 anos de idade ou mais e também os portadores de deficiência física, mental, intelectual ou sensorial de qualquer idade. A previdência exige ainda que a renda per capita não ultrapasse um quarto do salário mínimo.

Aqueles que se enquadram nesses requisitos, tem direito a receber o salário mensal sem possuir contribuições com a Previdência Social. Confira logo abaixo mais detalhes sobe o LOAS, confira de forma detalhada quais são as regras para ter direito e com receber o benefício. Fique atento e compartilhe com seus amigos e familiares, pois os mesmos podem estar perdendo a chance de receber este dinheiro da previdência.

O que é LOAS

O LOAS é um benefício assistencial ao Idoso e à pessoa com deficiência, que integra a Lei Orgânica da Assistência Social e que é pago pelo INSS – Instituto Nacional de Seguridade Social. O valor é do benefício é de um salário mínimo vigente, que no ano de 2017, vale R$998,00. Para o ano de 2018 a previsão do novo salário é de R$998, desta forma o benefício será reajustado.

As regras e direito para receber o LOAS

Conforme explicamos de forma mais resumida acima, é preciso cumprir vários requisitos previstos em lei para ter direito ao benefício assistencial de um salário mínimo do INSS, mesmo sem contribuições previdenciárias. Confira quais são eles:

Quem pode receber

  • Idosos com 65 anos ou mais que não tenha contribuição com INSS e não esteja recebendo nenhum outro benefício do INSS, como aposentadorias, ou pensão por morte
  • Cidadão com deficiência física, mental, intelectual ou sensorial, que comprove incapacidade de conviver em igualdade social. Nestes casos é necessário passar por perícia médica.

Regras do BPC – Benefício da Prestação Continuada

Além dos requisitos acima, o cidadão também deve cumprir a regra de renda máxima para ter direito ao LOAS. A renda da família não pode ser maior que um quarto do salário mínimo, ou seja, somando-se a renda de todos os integrantes da família o valor total divido por quatro não pode ultrapassar R$249,50 (valor do salário/4).

Para fazer seu cálculo de renda e descobrir se tem direito a receber o benefício da prestação continuada – LOAS, some o rendimento de todos os integrantes de forma individual e divida pelo número de moradores da residência, esta será sua rende per capita.

Como dar entrada para receber o benefício

Se você cidadão cumpre todas as regras e requisitos do LOAS que listamos acima, saiba que pode dar entrada para receber seu benefício. O primeiro passo, é ser cadastrado no CadÚnico – Cadastro Único do Governo. Este cadastro deve ser feito no CRAS – Centro de Referência em Assistência Social de seu município, é através dele que o Governo controla os dados de milhares de brasileiros que podem ter direito a receber benefícios da previdência e de programas de renda.

cras-centro-referencia

Para o cadastro, leve os documentos pessoais dos integrantes da família e também os comprovantes de renda de cada membro, carteira de trabalho ou contratos.

Agendamento na Previdência

Quem já é cadastrado, pode realizar o agendamento diretamente no site da Previdência. Para agendar, acesse o site previdencia.gov.br e clique em “Todos os benefícios”. Em seguida, acesse o link “Benefício assistencial ao Idoso e à pessoa com deficiência”.

O agendamento é feito mediante informação do nome, data de nascimento e data de agendamento. Qualquer dúvida deixe seu comentário abaixo.

19 comentários em “LOAS: Conheça o benefício de R$998 por mês do INSS para quem nunca contribuiu”

  1. Minha mãe tem 56 anos e contribui muitos anos ela foi no hospital de ouvido e deram pra ela aparelho auditivo porque foi constatado que ela tem dificuldade pra ouvir será que ela tem direito a dar entrada em algum beneficio

  2. Oi, eu tenho hoje, 44 anos e tenho Toc desde 13 anos, tomo remédios, tive crises horríveis de não sair da cama, etc. Melhorei, mas não me livrei do Toc e, no meu caso, ele me impossibilita de trabalhar por causa dos pensamentos , das reações físicas do Toc, tenho crises de pânico, etc e gostaria de saber se tenho direito ao benefício.

  3. Eu contribui poço tempo embora tenha começado a trabalhar com 15 anos, fazem 4 anos que tive que amputar minha perna direita, faço 65 anos dia 28/10/ moro só. Já tentei logo que fui amputada pois Amigos que trabalhavam no INSS disseram que eu teria direito a uma aposentadoria, o que não aconteceu, quando fui a uma agência disseram que eu não teria direito. O faço? Tenho direito ou não?

  4. Boa noite mh cunhada solteira 57 anos tem esquizofrenia e recebe o LOAS, o meu cunhado solteiro e esse ano completou 65 anos contribuiu 12 anos no inss. Gostaria de saber se ele tem direito ao LOAS? Desde já agradeço!

Deixe um comentário