Menu

INSS começa pente fino em mais de 1 milhão de aposentadorias

O INSS – Instituto Nacional da Seguridade Social começa nesta terça-feira (15/08) o pente fino na aposentadorias por invalidez. Os segurados que possuem mais de 55 anos e 15 anos de recebimento de benefício, não irão participar da revisão da aposentadoria.

O Instituto realizará a convocação através de envio de correspondência para o endereço dos segurados, estima-se que mais de um milhão de beneficiários irão fazer parte do pente fino. Segundo o INSS, as perícias começarão a ser realizadas até o fim do mês de agosto e início de setembro. Confira abaixo como proceder no caso de convocação para revisão de sua aposentadoria.

Como funciona o Pente Fino nas Aposentadorias

O INSS está revisando benefícios da Previdência desde o início do ano, o processo começou com o pente fino nos auxílios doença e agora chegou também nas aposentadorias por invalidez. O Instituto está convocando segurados que recebem o benefício de incapacidade há mais de dois anos e que possuam menos de 60 anos de idade ou mais de 55 com 15 anos de benefício.

Depois da convocação pelo INSS, o segura irá passar por uma nova perícia médica para verificar se o mesmo tem o direito de continuar recebendo a aposentadoria como benefício. Caso seja comprovado que o segurado possui condições de exercer atividade remunerada, o benefício será cancelado, caso contrário o recebimento do auxílio será renovado por novo período.

pente-fino-aposentadoria

O que fazer caso seja convocado pelo INSS

O segurado da Previdência que recebe o benefício da aposentadoria por invalidez há mais de dois anos, poderá ser convocado para o pente fino. Neste caso, o mesmo deverá agendar sua perícia de revisão através do telefone 135 da Previdência Social ou pelo site www.previdencia.gov.br. Este agendamento deverá ser feito em até 5 dias após o recebimento da correspondência, depois desse prazo o benefício é cancelado automaticamente.

Antes de realizar seu agendamento de perícia, é importante reunir toda a documentação que comprove a incapacidade de exercer atividade, como exames médicos, atestados, laudos, receitas, prontuários atualizados dentre outros. Todos estes documentos deverão fazer parte do dossiê que deve ser apresentado no dia da nova perícia de revisão.

A convocação será feita através do envio de carta com Aviso de Recebimento (AR) para o endereço do segurado cadastrado no instituto, por isso a importância de manter os dados de cadastro atualizados, para não correr o risco de perder a data de agendamento.

Os dados podem ser atualizados através da central de atendimento, pelo número 135, nas agências da Previdência e também pelo site previdencia.gov.br

Quem teve benefício cancelado pode recorrer

Os segurados que recebiam benefício e tiveram o mesmo cancelado, poderão recorrer na junta de Recursos do INSS em até 30 dias. Caso o pedido de revisão seja novamente negado, a única solução é buscar a justiça comum.

No período de revisão do auxílio doença no segundo trimestre, cerca de 80% dos benefícios foram cancelados pela Previdência. Caso tenha alguma dúvida sobre o processo do pente fino do INSS, deixe seu comentário que vamos tentar auxiliá-los.

INSS começa pente fino em mais de 1 milhão de aposentadorias
Deixe sua avaliação
Compartilhe no Facebook

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *