Menu

Aposentados começam a receber 1ª parcela do 13º

Pagamentos começam nesta segunda (27/07). Saiba quem irá receber o pagamento e o calendário

Nessa segunda-feira, dia 27 de agosto, começam a serem efetuados os pagamentos da primeira parcela do 13º salários de pensionistas e aposentados do INSS. O número de pessoas que serão beneficiadas com essa primeira parte do abono anual atinge a marca de 30 milhões. O Governo Federal calcula que essa antecipação vai ajudar a introduzir por volta de 20 bilhões na economia brasileira, até o mês de setembro.

Essa primeira parcela equivale a 50% da soma do 13º. Ela será depositada juntamente com o pagamento mensal do benefício. De acordo com o calendário estipulado, os depósitos terão início dia 27 de agosto (27/08) e se encerram dia 10 de setembro (10/09).

De acordo com Marcos Bulgarelli, que por sua vez é o presidente do Sindicato Nacional dos Aposentados, Idosos e Pensionistas, já faz 12 anos que o governo realiza a antecipação da primeira parcela do 13º de pensionistas e aposentados na folha de pagamento de agosto, simultaneamente ao pagamento do benefício mensal em si.

Calendário de Pagamentos

Tabela de Pagamentos: 1ª Parcela do 13º dos aposentados

Data de Pagamento Número Final NIS
27 de agosto 1
28 de agosto 2
29 de agosto 3
30 de agosto 4
31 de agosto 5
03 de setembro 6
04 de setembro 7
05 de setembro 8
06 de setembro 9
10 de setembro 0
Acima de um Salário Mínimo
Data de Pagamento Número Final NIS
03 de setembro 1 e 6
04 de setembro 2 e 7
05 de setembro 3 e 8
06 de setembro 4 e 9
10 de setembro 5 e 0

A consulta dos pagamentos pode ser feita pelo Meu INSS

Quem são os segurados do INSS que possuem direito ao 13º?

Os beneficiários do INSS que possuem direito ao 13º são aqueles que, no decorrer do ano, receberam o auxílio previdenciário de aposentadoria, auxílio doença, auxílio reclusão, pensão por morte, auxílio acidente ou então salário maternidade.

A Constituição Federal decreta que o 13º precisa ser pago pautando-se no valor total dos benefícios ou da aposentadoria recebida ao longo do ano, levando-se em conta a soma dos proventos do mês de dezembro e deverão, obrigatoriamente, ser depositados até o final do ano.

O pagamento desse abono anual é, via de regra, pago na forma de parcelas.

A estimativa legal é que no caso dos benefícios permanentes, metade do valor precisa ser quitado até a competência de dezembro ou encerramento do benefício, ou caso autorizado, na competência de agosto, que é o que tem acontecido. Ou então uma outra possibilidade é o pagamento do valor total, descontando-se disso o valor da parcela paga previamente no ano.

E no caso dos benefícios temporários?

No que concerne aos benefícios temporários, a norma é mais precisa. De acordo com o vice-presidente do IBDP, há duas opções distintas para os temporários.

50% do valor precisa ser pago até a competência agosto ou do término do benefício, se prevista, descontados os valores concedidos previamente no ano oriundos da cessação de benefício estabelecido novamente em ocasião posterior.

Ou então outra alternativa é o pagamento do valor total até a competência dezembro ou encerramento do benefício, se previsto, descontado o valor das parcelas quitadas anteriormente ao longo do ano.

Como é o cálculo do décimo terceiro?

O décimo terceiro do INSS é separado em duas parcelas. Para se efetuar os cálculos dos valores a serem recebidos, os aposentados e pensionistas levarão em conta dois itens: dias de pagamento dentro de um mês e o total de mês de vigência do benefício no desenrolar do ano.

Extrato do décimo terceiro

Uma vez que o 13º demanda regras próprias, recomenda-se a solicitação de um extrato detalhado do pagamento.

Dessa forma, será possível verificar se o valor depositado equivale de fato a metade do valor pago no último mês nessa primeira parcela.

Aposentados começam a receber 1ª parcela do 13º
4.3 (85%) 4 votes

>>Quer se Aposentar? Clique aqui!>>

Compartilhe no Facebook

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *