Menu

Aposentadoria proporcional do INSS: O que é e como funciona

Existem dois tipos de aposentadoria validadas na legislação: a integral e a proporcional. Cada uma é baseada no tempo de contribuição dos cidadãos à Previdência Social. A aposentadoria proporcional pode ser concedida ao trabalhador ou trabalhadora, com um menor tempo de contribuição do que a integral. A princípio o benefício parece vantajoso, mas é preciso que esse trabalhador esteja atento às regras e vantagens de cada uma, antes de dar entrada na sua aposentadoria.

O que é aposentadoria proporcional?

A aposentadoria proporcional pode ser requerida por quem começou a contribuir ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), antes de 1998. Neste ano em questão foi emanada a Emenda Constitucional, em que foi criado o fator previdenciário, através da Lei 9.876/99.

aposentadoria-proporcional

O fator previdenciário tem o objetivo de equilibrar as finanças da Previdência Social, diminuindo o valor da aposentadoria por tempo de contribuição. O cálculo do valor do benefício, que era realizado pela média das 36 últimas contribuições, foi substituído pela média dos maiores salários de trabalho de todo o período de vida do trabalhador. Outros fatores são levados em conta, como a idade do contribuinte na data da aposentadoria e a expectativa de vida do segurado, definida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), considerando a média nacional única para os sexos masculino e feminino.

Veja também: Aposentadoria por tempo de Serviço

Acompanhe nossos outros artigos sobre a Aposentadoria Proporcional

Aposentadoria proporcional do INSS: O que é e como funciona
Deixe sua avaliação
Compartilhe no Facebook
9 Comments
  1. jose roberto de Almeida julho 18, 2016
  2. Monica Maria dezembro 13, 2016
  3. Jorge André Guth março 14, 2017
  4. Jorge André Guth março 14, 2017
  5. Walter Conceição Chang junho 1, 2017
    • consultoraposentadoria setembro 20, 2017
  6. Walter Conceição Chang junho 1, 2017
    • consultoraposentadoria setembro 20, 2017

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *