Menu

Abono Salarial INSS, boato sobre saque é desmentido!

Uma notícia circulava nas redes que o dinheiro deveria ser sacado até o próximo dia 12 de março.

Está circulando no WhatsApp uma notícia falsa sobre o pagamento do Abono Salarial 2019, onde segundo a mensagem, os valores seriam perdidos caso o saque não ocorresse até o próximo dia 12 de março de 2019. A mensagem alarmante ainda citava que a urgência no saque seria com base no texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Nova Previdência.

A Secretaria Especial do INSS porém ao verificar que muitos estavam em dúvidas quanto a esta mensagem, acabou se manifestando nesta semana, informando que a mensagem é falsa e que mudanças no Abono Salarial só devem ter efeitos a partir da gestão de 2020, mas mesmo após o efeito da PEC, não há qualquer relação com a forma de como ela está sendo divulgada.

Segundo a secretaria, todos os serviços oferecidos através do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)/ Previdência, bem como qualquer atualização e pagamentos, são informados através de comunicados oficiais nos portais dos próprios órgãos públicos.

A mensagem que está circulando no WhatsApp é a seguinte:

“Acabou de ser anunciado no programa a voz do Brasil que, quem trabalhou entre 1995 e 2018 com carteira assinada tem direito a um abono de R$ 1023,00, quem não sacar até 12/03/2019 perde este abono com a nova reforma da previdência, confira se você tem direito ao saque… (link de um site duvidoso)…”

Abono Salarial

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho informou que o pagamento do oitavo lote do abono salarial (ano base 2017) foi iniciado no último dia 21 de fevereiro, onde os beneficiados deste pagamento são os nascidos no mês de março e abril.

O pagamento também é feito para os servidores públicos com finais de inscrição 6 e 7.

Serão 3,6 milhões de beneficiários a receberem os valores do abono, totalizando cerca de 2,9 bilhões de reais. O abono é pago conforme o período de dias trabalhados no ano passado. Quem trabalhou os 12 meses, irá receber um salário mínimo (R$ 998), já quem trabalhou, por exemplo, 30 dias, irá receber valores referentes a 1/12, ou seja, R$ 84.

Seus dados pessoais

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho ainda informa que nunca solicita dados pessoais dos beneficiários através do email ou telefone. Qualquer serviço feito pela secretaria também não é cobrado. O ideal é que todos os contatos feitos com o INSS sejam feitos pelo próprio beneficiário, evitando intermediários.

Não há qualquer cobrança para ter direito a benefícios.

O ideal é que também qualquer dado pessoal não seja fornecido para terceiros. Há diversos meios inseguros para a utilização de seus dados.

Compartilhe no Facebook

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *