Menu

Como incluir tempo de contribuição do INSS para a Aposentadoria

Segurados do INSS podem incluir novas contribuições junto a Previdência, caso elas não apareçam no extrato de contribuições para a Aposentadoria. O trabalhador que deseja dar entrada no benefício poderá regularizar o tempo de contribuição, para não correr o risco de receber um valor menor de salário.

É muito comum acontecerem divergências de informações sobre contribuições, quando segurados dão entrada no período de aposentadoria no INSS. Mesmo o sistema de pagamentos das contribuições sendo bastante eficiente, podem acontecer erros no cálculo dos recolhimentos, principalmente em casos de trabalhadores autônomos, que fazem recolhimentos por meio de Carnê e Guia GPS.

É de grande importância que o trabalhador regularize sua situação de período de recolhimentos à Previdência, para que não seja prejudicado quanto a tempo e valor do benefício.

Saiba como funciona o Fator Previdenciário

Como regularizar as contribuições junto à Previdência

O cidadão quando for dar entrada em seu benefício da aposentadoria na Agência da Previdência Social, irá receber um extrato com seu período de contribuições. Caso o trabalhador entenda que algum período contribuído não está no cadastro, poderá realizar a atualização dos dados na própria agência ou online, através do site da Previdência. Não é necessário agendamento prévio para dar entrada no serviço. Veja abaixo como fazer:

Na Agência do INSS

O segurado deverá comparecer à Agência portando documentos pessoais com foto e também CPF. Será necessário também preencher durante o atendimento o Requerimento de Atualização das contribuições. Leve também todos os documentos que comprovem os seus períodos trabalhados, como holerites, contratos de trabalho, livros de registros, carteira profissional, carnês de contribuição e outros comprovantes de pagamento ao INSS.

requerimento-previdencia-aposentadoria

Requerimento de atualização pela internet

Para poupar tempo e agilizar o atendimento, o cidadão poderá emitir o requerimento de atualização das contribuições de aposentadoria pela internet. Confira o passo a passo abaixo:

  1. Acesse o site www.previdência.gov.br
  2. No menu esquerdo clique em todos os benefícios
  3. Escolha a opção “Atualização de tempo de contribuição”
  4. Na página seguinte, acesse “Requerimento de Atualização”

Depois de abrir o requerimento será preciso detalhar as informações básicas, como dados do segurado, número do NIT e carteira de trabalho. Em seguida, escolha o tipo de atualização: acerto de dados cadastrais, acerto de vínculos e remunerações, acerto de dados, acerto de recolhimento. No caso de atualização de recolhimentos, marque a opção acerto de vínculos e remunerações.

Em seguida, preencha o campo Acerto de Vínculos e Remunerações e de Recolhimentos. O segurado deverá informar no campo os períodos de recolhimento que precisam ser regularizados na Previdência.

Saiba como emitir a Guia GPS em atraso.

Verifique também a lista de documentos que precisam ser apresentados ao INSS, para que a atualização dos recolhimentos seja feita sem maiores problemas. Confira a lista:

Documentos

Você deverá marcar no Requerimento de atualização quais dos documentos abaixo você irá apresentar para pedir a atualização das informações.

  • Declaração fornecida pela empresa, em papel timbrado, devidamente assinada e identificada por seu responsável, acompanhada da Ficha de Registro de Empregados ou do Livro de Registro de Empregados, onde conste o referido registro do trabalhador.
  • Relação Anual de Informações Sociais – RAIS, ou Relação de Empregados – RE, ou Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS, original ou cópia autenticada, com o respectivo comprovante de entrega ao órgão competente (RAIS – Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal ou Ministério do Trabalho e Emprego – MTE. FGTS – Caixa Econômica Federal).
  • Original ou cópia autenticada da GFIP com o respectivo comprovante de entrega.
  • Contracheque ou recibo de pagamento contemporâneos aos fatos que se pretende comprovar.
  • Termo de rescisão contratual ou comprovante de recebimento do FGTS.
  • Certificado de sindicato ou órgão gestor de mão-de-obra que agrupa trabalhadores avulsos.
  • Outros documentos que possam comprovar a real prestação de serviço/exercício de atividade.
  • Guias de recolhimentos de contribuição de contribuinte individual.
  • Comprovante de inscrição de contribuinte individual.
  • Documentos pessoais (identidade, CPF, titulo de eleitor, certidão de nascimento ou casamento, CTPS).
Compartilhe no Facebook
No Comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aposentadoria e Previdência
no seu email

Receba grátis no seu email dicas sobre aposentadoria e como ganhar mais