Menu

Aposentadoria por tempo de contribuição do professor

Se você é professor no Brasil, seja da rede pública ou privada e deseja informações sobre sua aposentadoria, nós vamos lhe ajudar. Preparamos um artigo completo para esclarecer as dúvidas de nossos leitores com relação a aposentadoria do professor.

Trabalhar por vários anos no magistério é uma atividade peculiar e que necessita de um preparo psicológico e profissional, e mesmo não sendo considerada uma profissão especial para a concessão de aposentadoria, o professor é favorecido quando dá a entrada no benefício do INSS.

O Professor possui regras específicas e vantagens em relação a aposentadoria, vejamos:

Atualmente é considerada diferenciada e exige-se cinco anos a menos, quanto a categoria de contribuição, neste caso 30 anos para as mulheres e 35 anos para homens, essa regra aplica-se aos profissionais que trabalham em tempo integral de magistério, direcionada tanto ao ensino infantil quanto aos ensinos fundamental e médio. Já no caso dos profissionais de ensino superior e os que não trabalham todo esse tempo na área, não incluem nesta regra e devem o tempo pedido para a categoria conforme as leis.

Leia sobre como funciona a aposentadoria Especial

Benefício dos Professores

Os benefícios dos professores não são considerados especiais, embora fica implícito que se trata de uma profissão com mais cuidados tanto para a saúde quanto a integridade física, pois são frequentes os casos de assédio moral, agressão física, danos psicológicos, mesmo em escolas particulares.

aposentadoria-professor-inss

Regras da Aposentadoria do Professor:

A regra geral é que o tempo mínimo de contribuição dos professores (educação infantil, ensino fundamental e médio) é de 25 anos para mulheres e 30 para os homens.

Outra regra importante, é que o profissional deve comprovar o tempo mínimo de contribuição para previdência que é de 180 meses.

Os educadores ainda poderão garantir uma renda mensal pela aposentadoria, sem usar o fator previdenciário para o cálculo de 100% do salário de benefício, poderão optar pela utilização ou não do fator previdenciário no momento de dar a entrada no pedido de aposentadoria.

Cálculos da Aposentadoria:

Os cálculos são feitos mediante o tempo de trabalho apresentados enquanto docente, caso o professor tenha tido outra atividade anterior a docência, e tenha recolhido contribuição, será feito uma análise para a junção de tempo das diferentes categorias. Faça a simulação da aposentadoria aqui.

Benefícios e Diferenças

Os professores contribuintes do INSS, podem usufruir de outros benefícios, como: auxílio acidente, auxílio doença, auxílio reclusão, salário-maternidade, aposentadoria por idade e pensão por morte.

Não há diferenças entre ensino particular e público, se a filiação previdenciária for pelo Regime Geral de Previdência Social (RGPS) cujo gestor é o INSS.

O profissional deve ficar atento ao seu recolhimento já descontados dos proventos na folha de pagamento, verificar em qual regime está enquadrado para que na hora em que for dar entrada no pedido de aposentadoria não ter eventuais surpresas.

Confira o Calendário do INSS 2016

Compartilhe no Facebook
One Comment
  1. Rogerio Barbosa outubro 12, 2016

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas de Aposentadoria
no seu email

Receba grátis no seu email dicas sobre aposentadoria e como ganhar mais